• Imprensa

Senar realiza treinamento sobre aspersão convencional e pivô central para instrutores de todas as re


Aspersão convencional e pivô central serão os temas da próxima capacitação dos instrutores do Programa Nacional de Irrigação do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar), que acontece entre os dias 24 e 28 de abril. Em 2016, os profissionais participaram em Brasília do treinamento em gestão de sistemas de irrigação localizada (gotejamento e microaspersão). Desta vez, serão dois dias de curso em propriedades de Cristalina, Goiás, região que possui a segunda maior área irrigada com pivô da América Latina, conta o coordenador do programa, Rafael Diego Nascimento da Costa.

“Faremos um alinhamento para que todos os instrutores tenham o mesmo nível de entendimento e o conhecimento técnico seja consolidado”, explica Costa. “A ideia é que eles façam a gestão dos sistemas de irrigação, ou seja, além de montar, possam auxiliar o produtor a definir qual o sistema mais adequado para sua realidade e fazer o manejo do solo e da água depois que o sistema estiver instalado.”

O treinamento vai ser ministrado novamente pelo Instituto de Pesquisa e Inovação na Agricultura Irrigada (Inovagri), parceiro do SENAR no programa. O foco agora são os conceitos de sustentabilidade, gestão, fertirrigação e motobombas.

No dia 24, a Coordenação de Produção e Distribuição de Materiais Instrucionais do Senar fará uma oficina para os especialistas que vão elaborar as cartilhas do programa. São os pesquisadores do Inovagri, consultores e instrutores do Senar. Os temas abordados serão gestão no uso de sistemas de irrigação e capacitação de produtores em comitê de bacias hidrográficas, este último, será a segunda vertente do Programa de Irrigação.

Os 30 instrutores que participam desse treinamento são do Amazonas, Amapá, Bahia, Ceará, Distrito Federal, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Pará, Pernambuco, Rio Grande do Sul, Roraima, Sergipe, São Paulo e Tocantins.

O SENAR lançará ainda esse ano a capacitação para os produtores rurais brasileiros. Para se matricularem em uma das turmas que estarão disponíveis, os interessados deverão procurar o sindicato rural do seu município ou o SENAR do seu estado. “Para manter a qualidade das capacitações, o SENAR formará parcerias com instituições de pesquisas e fabricantes de equipamentos de irrigação. A ideia é capacitar de forma continuada os instrutores nos avanços tecnológicos utilizados no campo”, finaliza Rafael Costa.

Fonte: Assessoria de Comunicação do Senar

#irrigação

107 visualizações

Cadastre-se
e receba sem seu e-mail as principais notícias do agronegócio e da Irrigo

© 2020 - Desenvolvido por Completta Consultoria