Buscar
  • Adrian Alencar

Balança Comercial em abril fecha com superavit, somando US$ 10,35 bilhões

A balança comercial teve um novo superavit em abril, fechando em US$ 10,35 bilhões. O superavit acontece quando o saldo de exportações de um país é maior que as importações. O resultado foi divulgado pela Secretaria de Comércio Exterior e Assuntos Internacionais do Ministério da Economia.


Apesar da pandemia, o recente resultado teve o melhor desempenho para o mês de abril desde 1989, que foi quando iniciou a série histórica. O Brasil exportou US$ 26,48 bilhões em abril. As importações somaram US$ 16,13 bilhões. Em comparação com o mesmo período do ano passado, as exportações cresceram 50,1% e as importações avançaram 41,1%.


Até abril, a balança comercial acumula saldo de US$ 18,26 bilhões, o melhor resultado para o período desde 2017, quando foi de US$ 19,04 bilhões. Em 2021, as exportações somaram US$ 82,1 bilhões. As importações, US$ 63,9 bilhões. O saldo subiu 106,4% em comparação com abril de 2020, segundo o Notícias Agrícolas.


Goiás


Goiás continua sendo um dos estados que mais exporta no país. Soja e milho estão entre os grãos com maior produção na região. A expectativa de produção brasileira, para a temporada 2020/2021, é de novo recorde. Com estimativa de produzir 135,1 milhões de toneladas de soja – crescimento, em relação à safra anterior, de 8,2% na produção, de 4,0% na produtividade e 4,1% na área cultivada.


Segundo informações do Agro em Dados, a estimativa é de que o milho seja responsável por quase 40% da safra de grãos no país, na temporada 2020/2021. Goiás é, atualmente, o terceiro maior produtor de milho no país. Dados apontam que a produção goiana vai gerar em torno de R$ 13,7 bilhões no valor bruto de produção de milho em 2021.


Para acessar o estudo Agro em Dados, clique aqui.


* Com informações do Notícias Agrícolas

7 visualizações0 comentário