• Imprensa

Setor agropecuário lidera geração de empregos no mês de maio com 1,3 mil vagas em Goiás


Colheita de cebola na Fazenda Retiro, em Cristalina (GO) - Foto: Ernesto Souza

Os números do agronegócio seguem positivos em Goiás e no Brasil. Segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados, do Ministério do Trabalho (Caged/MTE), o setor agropecuário gerou no mês de maio 46 mil novas vagas durante o mês de maio. Em Goiás, este foi o terceiro melhor desempenho entre todos os estados, com um crescimento de 0,61% em relação ao mês de abril. Foram 7,4 mil novas vagas, sendo 1.319 na agropecuária.

As culturas responsáveis pelo salto foram o café, sobretudo em Minas Gerais, a laranja, em São Paulo, e a cana-de-açúcar, em São Paulo e no Rio de Janeiro. Pelo segundo mês consecutivo e pela terceira vez este ano, o Brasil teve saldo positivo na geração de empregos. Conforme dados do Caged, 34.253 novos postos de trabalho formal foram abertos em maio, um aumento de 0,09% em relação a abril. O resultado também foi positivo se considerados os números de janeiro a maio. No acumulado do ano, houve um crescimento de 48.543 postos de trabalho, representando uma expansão de 0,13% em relação ao estoque de empregos que havia em dezembro de 2016.

Com informações da Revista Safra

#empregos #agropecuária #caged #goiás #economia

145 visualizações

Cadastre-se
e receba sem seu e-mail as principais notícias do agronegócio e da Irrigo

© 2020 - Desenvolvido por Completta Consultoria