• Anderson Corso

Sustentabilidade no campo é tema da Expotec Embrapa 2018 que acontece nos dias 15 e 16 de março


(Foto: Sebastião Araújo)

Nos dias 15 e 16 de março, das 08h às 12h, a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) realiza, em sua sede em Santo Antônio de Goiás (GO), a Expotec 2018. Trata-se de uma mostra agropecuária que coloca o visitante em contato direto com pesquisadores e especialistas, promovendo a troca de conhecimentos e saberes que servirão para o produtor rural implementar melhorias em sua atividade e para técnicos se atualizarem sobre novas tecnologias.

Sob o tema “Intensificação Sustentável”, a Expotec Embrapa 2018 contará no dia 15 de março com programação voltada à agricultura, apresentando assuntos como a produção de milho, sorgo e milheto; manejo de plantas na soja; e nutrição do algodoeiro. Já o dia 16 de março será direcionado à pecuária e os pesquisadores irão abordar o manejo de pragas em pastagens; recuperação de pastagens degradadas; e integração lavoura, pecuária e floresta.

Em sua quarta edição consecutiva, a Expotec Embrapa 2018 tem como parceiros a empresa Ikeda, a associação Unipasto, o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) e a Federação da Agricultura e Pecuária de Goiás (Faeg). O evento conta com mais de mil participantes e é aberto ao público. Para mais informações, telefone (62) 3533-2123/ 2107, e-mail: arroz-e-feijao.eventos@embrapa.br.

Feijão superprecoce

Uma das tecnologias em destaque na Expotec 2018 é a BRS FC104, a primeira cultivar de feijão superprecoce do mercado, gerada pela Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa). Com esse lançamento, produtores de grãos que plantam commodities, como soja e milho, agora têm mais uma opção para rotação ou sucessão de culturas em suas lavouras na safra, safrinha e safra de inverno.

Os participantes da Expotec 2018 poderão ver de perto, nas áreas demonstrativas, as características da BRS FC104, que tem ciclo abaixo de 65 dias (da semeadura à maturação dos grãos). Geralmente, uma variedade de feijão possui ciclo de 90 dias, sendo as mais precoces com ciclo em torno de 75 dias. Este fator representa vantagem competitiva para o agricultor.

“Dentro de uma estratégia em um sistema de produção de grãos, a BRS FC104 pode ser inserida em ambientes, cujo ciclo curto seja desejável. Pode ser para o plantio antecipado na época das águas e no inverno, escapando das doenças de solo, além de diminuir o risco de perdas por veranicos (estiagens) na safra de verão. É também um trunfo para dinamizar a rotação de culturas em áreas agrícolas, com a introdução do cultivo do feijão”, afirmou o pesquisador e coordenador do programa de melhoramento de feijão da Embrapa Arroz e Feijão, Leonardo Melo.

Ficha Técnica

Evento: Expotec Embrapa 2018

Data: 15 e 16 de março

Horário: 08h às 12h

Local: Embrapa Arroz e Feijão. Rodovia GO-462, Km 12, Fazenda Capivara, Zona Rural - Santo Antônio de Goiás – GO

#expotec2018 #embrapa #goiás #eventogratuito

0 visualização

Cadastre-se
e receba sem seu e-mail as principais notícias do agronegócio e da Irrigo

© 2020 - Desenvolvido por Completta Consultoria