• Anderson Corso

Agricultores aumentam a produtividade da cana com a gestão eficiente da irrigação


Foto: Ernesto Souza - Editora Globo

A irrigação em cana-de-açúcar representa uma revolução na tecnologia de produção da cultura. Afinal, além de aumentar a produtividade, garante a elevação da longevidade do canavial. Estudos apontam um aumento de cerca de 40 a 50% na produtividade, proporcionado pelo uso da irrigação em cana, o que torna possível produzir mais sem a necessidade de aumentar a área plantada.

A utilização de uma irrigação bem planejada e monitorada promove o equilíbrio hídrico principalmente em áreas que tem problemas com a distribuição de chuvas durante o ano, situação recorrente em praticamente todas as áreas com plantio de cana-de-açúcar no Brasil.

Ciente dessa necessidade e preocupada com a utilização sustentável e consciente dos recursos hídricos disponíveis, a Destilaria Vale do Paracatu Agroenergia (DVPA), localizada no noroeste do estado de Minas Gerais, passou a investir na Gestão de Irrigação. Com o serviço oferecido pela iCrop, a destilaria monitora 5600 ha irrigados distribuídos em 43 pivôs centrais.

Marcelo Abreu, sócio e gestor da iCrop na região de Paracatu, reforça que a tomada de decisão para melhorias no manejo hídrico usa informações de evapotranspiração combinada com dados de coeficiente de cultivo, ajustados para o clima da região e tipo de solo da propriedade, sistema de irrigação, ciclo, dentre outras variáveis que ajudam a definir o equilíbrio hídrico necessário. “Esse equilíbrio promove um aumento considerável na produtividade, o que é de extrema importância dada a necessidade global de se utilizar combustíveis menos agressivos ao meio ambiente e o etanol vem fazendo esse papel, sendo utilizado como substituto direto para os combustíveis fósseis”, reforça.

Ronaldy Tristão, consultor iCrop responsável pela irrigação na DVPA, lembra que, além do etanol, a cana de açúcar também é destinada à produção de açúcar, aguardente, alimentação animal, fonte de energia elétrica e compostos residuais orgânicos que voltam para a lavoura e contribuem para sistema de produção. “Aliando as tecnologias à experiência é possível oferecer a melhor solução desde o produtor que ainda não conta com esse benefício até as produções de grande escala que desejem otimizar a utilização”, explica.

Para maiores informações sobre a gestão da irrigação em cana-de-açúcar, é possível contatar a equipe técnica da iCrop através do site www.icrop.com.br.

#irrigação #produtividade #iCrop

0 visualização

Cadastre-se
e receba sem seu e-mail as principais notícias do agronegócio e da Irrigo

© 2020 - Desenvolvido por Completta Consultoria